Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Do Tempo das Descobertas: o cinema como terapia

Quarta-feira, 18.11.09

 

Vejam o que descobri n' O homem que sabia demasiado, o post Filmoterapia, sobre uma outra funcionalidade do cinema, segundo um livro, Guia Terapêutico de Cinema:

 

"Filmoterapia

 

Já li este livro há dois anos mas volta e meia regresso a ele com o mesmo prazer da descoberta. É um livro que trata o cinema de uma forma bem diferente do habitual, que concebe a sétima arte como uma terapia. Aliás, o autor, Pedro Marta Santos, diz mesmo que se trata de uma filmoterapia: filmes clássicos e modernos, para todas as doenças e estados de espírito. Escrito de forma divertida (mas explorando o cinema como matéria bem séria), 'Guia Terapêutico de Cinema' está talhado para curar doenças, indisposições ou estados de alma, receitando filmes como terapia para os mais variados sintomas e maleitas. Seja para curar insónias, para enfrentar problemas psíquicos, para usar como fonte de relaxamento, o guia sugere o uso de filmes (e indica o DVD certo) para - em doses bem medidas - enfrentar com sucesso as mais diversas eventualidades.

Jacques Tati está na categoria dos antidepressivos; Vicent Minnelli na classe dos ansiolíticos (como antídotos estão Bergman ou Antonioni). É uma espécie de livro de auto-ajuda com recurso a uma estrutura que mima a literatura médica (receita, genérico, substância activa, dispensário...), é um guia imprescindível para todos os amantes de cinema. O autor sugere filmes para curar insónias, excessos, traumas de infância, dúvidas existenciais, problemas morais, depressões, ansiedade... E divulga listas improváveis como Os Dez Melhores Filmes com freiras', 'Os Dez Piores Filmes com padres e Transsexuais', 'Filmes para Ver na Cama em Noite Chuvosa de Inverno', 'Filmes Que os Homens Gostam e Elas Fingem Que Gostam para lhes Agradar', etc.

Cataloga mais de 2000 filmes - indicando a sua disponibilidade em DVD - em temas bastante originais: 'Puro Vómito', 'O sexo e a Idade', 'De Fazer Chorar as Pedrinhas da Calçada', 'Filmes que Dão Vontade de Praticar Exercício Físico', entre outras abordagens pouco ortodoxas.

Em suma: seja qual for o seu problema, não vá ao médico: leia este livro e veja filmes, muitos filmes.  "

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Ana Gabriela A. S. Fernandes às 20:37








comentários recentes



links

coisas à mão de semear

coisas prioritárias

coisas mesmo essenciais

outras coisas essenciais

coisas em viagem